google

quinta-feira, 2 de agosto de 2012

NINGUÉM ME AMA, NINGUEM GOSTA DE MIM



Você precisa refletir. Como já diz o ditado: “Ninguém pode agradar a Gregos e Troianos ao mesmo tempo”. Isto quer dizer que as pessoas têm personalidades e opiniões diferentes. Assim, é normal termos afinidades com uns e rejeições com outros. Se todos nos rejeitam, talvez, o erro não esteja nas pessoas, mas sim em nós.
Quando não se consegue conviver com ninguém precisamos parar, refletir e tentar observar quais as características da nossa personalidade que faz com que todos se afastem. Há determinadas características que normalmente afastam as pessoas, por exemplo: ser muito exigente, ciúmes em demasia, egoísmo extremo, carência excessiva, etc.
Quando somos muito carentes, costumamos exigir muita atenção e achar que as pessoas que convivem conosco tem obrigação de nos dar atenção o tempo todo, ou seja, suprir as nossas carências. E, não é bem assim, ninguém pode ficar nos dando assistência 24 horas por dia. Todos têm suas ocupações e compromissos. E, acaba se tornando insuportável conviver com alguém que nunca está satisfeito, que por mais que se faça pela pessoa, ela sempre exige mais e mais.  Uma pessoa extremamente carente por mais que receba atenção, sempre acha que não é o suficiente. 
Queremos ser atendidos e supridos nas nossas necessidades, entretanto, esquecemos que o outro também necessita de atenção e de carinho. Como sempre digo: - relacionamento é troca: dar e receber.  As pessoas extremamente carentes tornam-se tão egoístas que só querem receber sem nada dar em troca. A carência em excesso é sinal de imaturidade. Não temos o direito de querer que os outros supram todas as nossas carências. Portanto, faça uma analise profunda e você pode acabar descobrindo quais as características da sua personalidade que afastam as pessoas. Tente corrigir e, com certeza, você será muito amada(o).

Um comentário:

  1. Pessoa carente é um saco!!! Não tem quem suporte!
    Gostei do texto!

    Um beijo

    ResponderExcluir